Pular para o conteúdo principal

CGU identifica licitações fraudadas em Maragogipe em 2003

29/08/2003
CGU identifica licitações fraudadas em Maragogipe
Indícios de fraudes em processos licitatórios para construção e reforma de prédios escolares e ausência de licitação para compra de medicamentos são algumas das irregularidades constatadas por auditores da Controladoria-Geral da União, que fizeram, entre os dias 20 e 28 de maio último, uma fiscalização especial no município baiano de Maragogipe. A fiscalização foi determinada a partir de graves e consistentes denúncias veiculadas na imprensa, dando conta da prática de desvio de recursos federais, sobretudo na área da Educação.
De acordo com as denúncias, antes de assumir a chefia do Executivo Municipal, o prefeito Raimundo Gabriel foi gerente financeiro da Universidade Católica de Salvador, onde teria dado um desfalque de R$ 36 milhões, fato admitido por ele em depoimento ao Ministério Público da Bahia. Para concretizar o golpe, o atual prefeito teria usado empresas fantasmas, abertas em nome de parentes e amigos.
Geladeiras e fogões
Em Maragogipe, os fiscais constataram indícios de fraude em dois processos de licitação (modalidade "convite") abertos para construção e reforma de prédios escolares, ambos vencidos pela empresa ARJ Construções Ltda. Dirigentes das empresas Santana Soares e Ferreira Dantas, supostas concorrentes, asseguraram, em depoimentos, que sequer souberam da ocorrência da licitação e que seus carimbos e assinaturas nos documentos do processo, inclusive na ata, seriam falsos.
Além disso, apesar de uma das licitações prever a construção de uma Escola Modelo, na vila de Encruzilhada, e a reforma do Colégio Piedade, apurou-se que não houve construção de qualquer prédio novo, mas a ampliação, com mais duas salas, de uma escola já existente. A planilha constante do convite previa uma construção com 300 metros quadrados, mas apenas 70 metros quadrados foram construídos. O valor das duas licitações é superior a R$ 181 mil.
Outra licitação, também na modalidade "convite" e ainda com recursos do Fundef, foi feita para a compra de 60 geladeiras e 90 fogões com botijões de gás, tendo sido vencida pela empresa Baqueiro Diniz. Os fiscais da CGU constataram indícios de simulação de competição, pois todas as empresas concorrentes tinham sede no mesmo endereço e mantinham ligações entre si por meio de sócios comuns.
Detectaram também indícios de superfaturamento, pois enquanto o preço médio de mercado para o "kit" formado por fogão, registro e botijão de gás era de R$ 80,21, o preço pago à empresa vencedora foi de R$ 177,00. O valor total de licitação foi de R$ 63.690,00.
Salários atrasados
Para comprar mobiliário escolar, ainda com recursos do Fundef, a prefeitura abriu licitação, também sob a forma de "convite", vencida conjuntamente pelas empresas Metalmax Móveis e Usimak. Ocorre, porém, que as três outras concorrentes tinham atividades incompatíveis com o objeto da licitação e tiveram de ser eliminadas, o que caracteriza, novamente, indício de simulação de concorrência. Entre as três empresas eliminadas estavam, por exemplo, a Milenium (construtora) e o Nutritivo (restaurante). Essa licitação teve valor total de R$ 44,8 mil.
O valor das compras de medicamentos sem licitação, somente no ano de 2002, chegou a R$ 63,4 mil, falando-se apenas nas que envolveram a utilização de recursos federais do Piso de Atenção Básica (PAB), programa do Ministério da Saúde. Além da ausência de processo licitatório, os fiscais da Controladoria-Geral da União não encontraram registros de entrada dos medicamentos no almoxarifado da Secretaria Municipal de Saúde.
As denúncias de atraso no pagamento dos salários dos professores foram também confirmadas pelos auditores da CGU, não obstante os recursos do Fundef estarem chegando regularmente, todos os meses, ao município. Muitos professores ouvidos pelos fiscais informaram que seus salários se encontravam atrasados há dois meses e que nos dois últimos anos esses atrasos se repetiram com freqüência.
Segundo o relatório de fiscalização, a Prefeitura tentou justificar os atrasos com alegações de cunho legal, mas nada foi apresentado para justificar as alegações. O relatório dos auditores está sendo enviado aos Ministérios da Educação e da Saúde para determinação das providências cabíveis, bem como ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público.
Assessoria de Comunicação Social

Comentários

Top 5 da Semana

Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
Veja também:
Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAM – 2009) Tal como a história dos gregos, também a dos romanos começou pelo desenvolvimento de instituições políticas assentadas na cidade e elaboradas em benefício de uma comunidade de homens livres – os cidadãos – proprietários de terras e que reivindicavam a descendência direta dos fundadores de sua pátria. Em ambos os casos, estes cidadãos …

Exercícios de História Antiga - Grécia Clássica (Ensino Médio)

“Respeitemos mesmo as leis injustas para que os maus, tomando isso como exemplo, respeitem no futuro as leis justas, sem pretexto para desobedecê-las”. Sócrates
Sabendo que grande parte dos professores buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi colocar alguns exercícios neste Blog. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cada um sabe qual é sua realidade.

Veja também:
Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 1. (FUVEST-SP) “Usamos a riqueza mais como uma oportunidade para agir que como um motivo de vanglória; entre nós não há vergonha na pobreza, mas a maior vergonha é não fazer o possível para evitá-la... olhamos o homem alheio às atividades públicas não como alguém que cuida apenas de seu…

Exercícios de História Medieval: Do Feudalismo à Crise do Século XIV (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
Veja também: Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)
Questões de ENEM e Vestibular
Questão 01. (Fatec-SP) Uma das características a ser reconhecida no feudalismo europeu é:
a) A economia do feudo era dinâmica, estando voltada para o comércio dos feudos vizinhos. b) A sociedade feudal era semelhante ao sistema de castas. c) As relações de produção eram escravocratas. d) Os ideais de honra e fidelidade vieram das instituições dos hunos. e) Os servos estavam preso…

Exercícios de História Moderna - Grandes Navegações (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi colocar alguns exercícios neste Blog. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cada um sabe qual é sua realidade.
Veja também:
Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAL) Ao contrário dos portugueses, que buscavam atingir as Índias contornando a costa africana, Colombo:
a) concentrou suas navegações na parte Leste, em busca de uma passagem Noroeste para as Índias. b) concentrou suas navegações na parte Norte da América, em busca de uma passagem ao Noroeste para o continente asiático; c) dirigiu-se para o Oeste em busca da passagem Sudeste para o continente asiático; d) Navegou pelo Oceano Atlântico em direção ao Can…

Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.

Veja também: Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular
Questão 01 (ENEM 2006) Segundo a explicação mais difundida sobre o povoamento da América, grupos asiáticos teriam chegado a esse continente pelo Estreito de Bering, há 18 mil anos. A partir dessa região, localizada no extremo noroeste do continente americano, esses grupos e seus descendentes teriam migrado, pouco a pouco, para outras áreas, chegando até a porção sul do…