Pular para o conteúdo principal

Plano de Curso de História - 1º Ano do Ensino Médio - 2012

PLANO DE CURSO

O atual plano de Curso serve de exemplo para os professores que desejam um modelo. Este plano, está dividido em 3 unidades, mas pode ser adaptado para 4 unidades. Os motivos desta divisão em três unidades está expresso na Regimento Escolar da Instituição de Ensino a qual pertenço.


Série: primeiro ano do ensino médio
Disciplina: História
Carga Horária: 80 horas
Professor: Zevaldo Luiz Rodrigues de Sousa
Ano de competência: 2012

    I.    Apresentação:
Quando entendemos que a História é feita de versões e que um mesmo acontecimento pode ser contado de mil formas diferentes, entendemos que é preciso beber de várias fontes para fazer a diferença em qualquer área. O bom historiador deve agir como um detetive, juntando as mais diversas fontes para compor um fato histórico.
Será preciso, portanto, fazer um esforço para que os alunos entendam que eles precisam ter consciência de que a História, matéria básica para o conhecimento humano, não é estática nem feita de verdades absolutas é essencial para o professor e para a formação do aluno. Senão, corremos o risco de cristalizar imagens, conceitos e idéias.

  II.    Objetivos:

  • Desenvolvimento de competências ligadas à leitura, análise, contextualização e interpretação das diversas fontes e testemunhos das épocas passadas e também do presente.
  • Produzir textos analíticos e interpretativos sobre os processos históricos, a partir das categorias e procedimentos próprios do discurso historiográfico.
  • Construir a identidade pessoal e social na dimensão histórica, a partir do reconhecimento do papel do indivíduo nos processos históricos simultaneamente como sujeito e como produto dos mesmos.
  • Situar os momentos históricos nos diversos ritmos da duração e nas relações de sucessão e/ou de simultaneidade.
  • Produzir novos discursos sobre as diferentes realidades sociais, a partir das observações e reflexões realizadas.
  • Construir instrumentos para uma melhor compreensão da vida cotidiana, ampliando a “visão de mundo” e o “horizonte de expectativas”, nas relações interpessoais com vários grupos sociais.
  • Compreender as transformações no mundo do trabalho e o novo perfil de qualificação exigida, geradas por mudanças na ordem econômica.
  • Debater, tomando uma posição, defendendo-a argumentativamente e mudando de posição em face de argumentos mais consistentes.
  • Articular conhecimentos filosóficos, sociológicos, históricos e diferentes conteúdos e modos discursivos nas ciências naturais e humanas, nas artes e em outras produções culturais.
  • Contextualizar conhecimentos filosóficos, tanto no plano de sua origem específica, quanto em outros planos: o pessoal-biográfico; o entorno sócio-político, histórico e cultural; o horizonte da sociedade científico-tecnológica.
  • Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente, identificando seus elementos e as interações entre eles, contribuindo ativamente para a melhoria do meio ambiente;

Tema norteador:Sustentabilidade e Cidadania
Tema transversal:Ética e Política.
Competências e habilidades a serem desenvolvidas
  • Representação e comunicação:
    • Entender a importância das técnicas contemporâneas de comunicação para planejamento, gestão, organização e fortalecimento do trabalho em equipe, com a utilização das novas tecnologias
  • Investigação e compreensão:
    • Compreender a sociedade, sua gênese e transformação, e seus múltiplos fatores que nela intervêm como produtos da ação humana e os processos sociais como orientadores da dinâmica dos diferentes grupos de indivíduos.
  • Contextualização sócio-cultural:
    • Compreender a produção e o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, associando-as às práticas dos diferentes grupos e atores sociais, aos princípios que regulam a convivência em sociedade, aos direitos e deveres da cidadania, à justiça e à distribuição dos benefícios econômicos.

III.    Conteúdo Programático:

I UNIDADE
  • A história antes da escrita:
    • Como a História começou
    • A ocupação da América
  • Povos da Antiguidade:
    • Oriente Próximo: Sociedade, reinos e impérios;
    • O mundo grego
    • O mundo romano
  • A cristandade medieval em conflito com o islã
    • A formação do mundo medieval
    • Nascimento e expansão do Islã
    • O apogeu do feudalismo
    • A espiritualidade medieval
    • Outono medieval

II UNIDADE
  • O nascimento do mundo moderno
    • O encontro dos mundos
    • As várias Áfricas
    • Américas conquistadas
    • Faces do Renascimento
    • Tempo das Reformas
    • O absolutismo em marcha
  • Sociedades coloniais na era do mercantilismo
    • Impérios e sociedades coloniais
    • A colonização na América portuguesa
    • A América portuguesa em expansão
    • A África nos tempos do tráfico atlântico

III UNIDADE
  • Guerra e paz na época moderna
    • Tempo de guerras
    • Tradição e mudança na vida cotidiana
    • Inglaterra revolucionária
  • O Colapso do Absolutismo e do Sistema Mercantilista
    • O Século das Luzes
    • A França Revolucionária
    • Revoluções nas Américas
    • O império luso-brasileiro no século XVIII
    • O Brasil transforma-se em um império

PROJETO – HISTÓRIA E MEMÓRIA – MARAGOGIPE (Em anexo)
(Sábados – Obrigatório para 1º ano e Facultativo para outras séries)
  • Criação de um laboratório de História e Memória;
  • Coleta de entrevistas, fotografias, depoimentos, vídeos, documentos históricos;
  • Debates e Excursões;
  • Produção de Material (Artigos, Textos, Jornais, e um Blog do Laboratório de História do CESF)

IV.    Metodologia:

  • Aula expositiva;
  • Debates;
  • Projetos de História;
  • Visitas técnicas a Prédios Históricos;
  • Problematização de questões sociais, políticas, econômicas e culturais (local; estadual e nacional);
  • Leitura e compreensão de textos;
  • Leitura de imagens;
  • Investigação de documentos;

   V.    Recursos didáticos:

  • Livros;
  • Textos apostilados, jornais, revistas;
  • Sala de vídeo;
  • Laboratório de informática;
  • Cartolina, papel madeira, fita adesiva, grampos, câmara filmadora e fotográfica, pen-drive, CD ou DVD, pincel atômico, mapas políticos, mini-system, transparências, folha de isopor, papel ofício, quadro para exposição de fotografias.

VI.    Avaliação:
Testes, Prova, Dissertações, Resenhas, Projetos e Exercícios complementares (Orais ou escritos).
Obs.: A avaliação qualitativa servirá apenas para complementar a nota de acordo com o rendimento do aluno em sala de aula. Essa nota terá pontuação de 0(zero) a 1(um) e será acrescentada na média da unidade.

VII.    Bibliografia Básica:

  • VAINFAS, Ronaldo; FARIA, Sheila de Castro; FERREIRA, Jorge; SANTOS, Georgina dos. História – Volume Único (Ensino Médio). Editora Saraiva, Livreiros Editores, São Paulo, 2010.

VIII.    Bibliografia Complementar:

  • ARRUDA, José Jobson de A. Arruda e PILETTI, Nelson. Toda a história, história geral e história do Brasil. Volume único, Editora Atica, São Paulo. 2004
  • CATELLI JUNIOR, Roberto. História: texto e contexto: Ensino Médio, volume único/ Roberto Catelli Junior; com a colaboração de Maria Soledad Más Gandini, Renata Lima Aspis. – São Paulo: Scipione, 2006.
  • CHAUÍ, Marilena. “Convite à Filosofia” Editora Ática, São Paulo, 2003
  • COLEÇÃO GRANDES IMPÉRIOS. “Impérios da Antiguidade” Vol. 3 - Editora Abril, 25 de outubro de 2004.
  • COLEÇÃO GRANDES IMPÉRIOS. “Impérios Modernos” Vol. 3 - Editora Abril, 24 de novembro de 2004.
  • COLEÇÃO GRANDES IMPÉRIOS. “Impérios Pré-Colombianos” Vol. 2 - Editora Abril, 10 de novembro 2004.
  • FERREIRA, João Paulo Hidalgo. “Nova história integrada”: ensino médio: volume único: manual do professor / João Paulo Hidalgo Ferreira, Luiz Estavam de Oliveira Fernandes. – Campinas, SP: Companhia da Escola, 2005.
  • MELLO, Leonel Itaussu Almeida, 1945 – “História moderna e contemporânea”/ Leonel Itaussu A. Mello, Luís César Amad Costa. – São Paulo: Scipione, 1999.
  • VICENTINO, Cláudio. “História geral: ensino médio”/ Claúdio Vicentino. – São Paulo: Scipione, 2006.
  • VICENTINO, Cláudio. “História para o ensino médio: história geral e do Brasil” / Cláudio Vicentino, Gianpaolo Dorigo; ilustrações Cassiano Roda – São Paulo: Scipione, 2005. – (série Parâmetros)

    Comentários

    Top 5 da Semana

    Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)

    Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
    Veja também:
    Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAM – 2009) Tal como a história dos gregos, também a dos romanos começou pelo desenvolvimento de instituições políticas assentadas na cidade e elaboradas em benefício de uma comunidade de homens livres – os cidadãos – proprietários de terras e que reivindicavam a descendência direta dos fundadores de sua pátria. Em ambos os casos, estes cidadãos …

    Resenha do Livro: Introdução à História, de Marc Bloch

    Por: Zevaldo Luiz Rodrigues de Sousa

    Resenha
    Referência Bibliográfica: Estudo de Obra (Obra Completa) BLOCH, Marc. Introdução à História. Lisboa: Europa-América. S/d.
    “Aprendendo a Convencer”

    Este Livro inacabado é um ato completo de história.” (BLOCH: 2001,34), palavras de Jacques Le Goff no prefácio da Edição Francesa. Apesar de ser o primeiro livro sobre metodologia da história que li, este é um livro que muitos consideram como o melhor sobre o assunto já escrito, por sua amplitude e por pegar todas as pontas do guarda-chuva do trabalho do historiador. Perceba nas palavras de Bloch um pré-enuncio daquilo que, para ele parecia impossível, acabar com este livro. “... O que é inacabado se tende constantemente a ultrapassar-se, tem, para todo espírito ardoroso, por pouco que o seja, uma sedução que vale bem o êxito mais perfeito...” (P. 84).
    A Segunda Guerra Mundial freou o desenvolvimento do debate que Marc Bloch propôs, pois ele morreu, deixando uma obra incompleta sobre a Teoria da Histó…

    Exercícios de História Medieval: Do Feudalismo à Crise do Século XIV (Ensino Médio)

    Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
    Veja também: Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)
    Questões de ENEM e Vestibular
    Questão 01. (Fatec-SP) Uma das características a ser reconhecida no feudalismo europeu é:
    a) A economia do feudo era dinâmica, estando voltada para o comércio dos feudos vizinhos. b) A sociedade feudal era semelhante ao sistema de castas. c) As relações de produção eram escravocratas. d) Os ideais de honra e fidelidade vieram das instituições dos hunos. e) Os servos estavam preso…

    Exercícios de História Moderna - Grandes Navegações (Ensino Médio)

    Sabendo que grande parte dos professores buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi colocar alguns exercícios neste Blog. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cada um sabe qual é sua realidade.
    Veja também:
    Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAL) Ao contrário dos portugueses, que buscavam atingir as Índias contornando a costa africana, Colombo:
    a) concentrou suas navegações na parte Leste, em busca de uma passagem Noroeste para as Índias. b) concentrou suas navegações na parte Norte da América, em busca de uma passagem ao Noroeste para o continente asiático; c) dirigiu-se para o Oeste em busca da passagem Sudeste para o continente asiático; d) Navegou pelo Oceano Atlântico em direção ao Can…