Pular para o conteúdo principal

Opinião: Festa de Agosto - Oh tempos bons!


Escrito por Zevaldo Sousa, no dia 19 de setembro de 2009

Há alguns anos atrás a festa de São Bartolomeu tinha seus requintes e a mistura ideal para uma terra tão famosa como hoje é Maragogipe. Lembro-me muito bem do parque o quão bom era participar daquelas brincadeiras que dantes eram tão modernas para nós maragogipanos, pois aqui não havia algo parecido, e se para mim que morava na cidade era tão impressionante, imagine qual seria a opinião das pessoas que moravam na zona rural?

A festa de Agosto era um momento muito esperado por todos, pelo seu fervor religioso, pelo seu teor cultural, pela mistura entre o que era moderno com o tradicional, era com certeza uma festa de largo maravilhosa, ou melhor, uma grande quermesse que com toda certeza foi a sua característica principal na sua origem.

Temos apenas poucos anos de mudanças estruturais desta maravilhosa festa e hoje estamos vendo uma festa de agosto, especialmente programada para turistas e essa característica, nunca foi tão marcante, tão visível. Sendo assim, vale nos pergunta: Se o Carnaval de Maragogipe, que um evento turistificado, é patrimônio imaterial do Estado pela conservação de sua cultura e tradição porque não preservar também a nossa cultura e tradição na festa de Agosto? Por que não reviver aqueles momentos que deixavam todos ter um sentimento maior de maragogipanidade? Por que não reviver os momentos gloriosos dos nossos sambas de roda? Das nossas rodas de capoeira? Do som mecânico que rolava o dia todo na praça? Do fervor religioso que levava muito mais pessoas a Igreja e com muito mais amor no coração? Daqueles tempos em que as pessoas vinham muito mais no sentido de devoção do que de turismo?

O que falta para nós resgatarmos esse momento?

Lembro-me muito bem de quando Amaral colocava aquele som mecânico na praça tocando lambada o dia todo, enquanto os adultos bebiam conversavam, reviam amigos e se divertiam observando as crianças que sorriam felizes e muito animadas no parque, sem contar os jovens que também faziam questão de ir ao parque. Naquele tempo o parque era atração, tinha roda gigante, bate-bate (autorama), xícara, lagarta, kamikase, a barca, casa do terror, monga, e outros mais. O coreto era o contraste perfeito para quem queria apreciar de longe aquelas filas enormes para entrar num brinquedo, principalmente, no dia da procissão, dia em que o pessoal da zona rural descia em peso para a cidade com objetivo de glorificar o santo maior, rever amigos e se divertir.

Naquele tempo sim, a festa de agosto era muito boa. Era o dia todo de festa, tinha baile na Associação Atlética Maragogipana, tinha som nos bares, a praça era voltada quase toda para o público infantil, eu corria a vontade pela praça e meus pais não tinham a preocupação que se tem hoje.

Naquele tempo sim, era bom demais.

Comentários

Top 5 da Semana

Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
Veja também:
Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAM – 2009) Tal como a história dos gregos, também a dos romanos começou pelo desenvolvimento de instituições políticas assentadas na cidade e elaboradas em benefício de uma comunidade de homens livres – os cidadãos – proprietários de terras e que reivindicavam a descendência direta dos fundadores de sua pátria. Em ambos os casos, estes cidadãos …

Exercícios de História Moderna - Grandes Navegações (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi colocar alguns exercícios neste Blog. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cada um sabe qual é sua realidade.
Veja também:
Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 01. (UFAL) Ao contrário dos portugueses, que buscavam atingir as Índias contornando a costa africana, Colombo:
a) concentrou suas navegações na parte Leste, em busca de uma passagem Noroeste para as Índias. b) concentrou suas navegações na parte Norte da América, em busca de uma passagem ao Noroeste para o continente asiático; c) dirigiu-se para o Oeste em busca da passagem Sudeste para o continente asiático; d) Navegou pelo Oceano Atlântico em direção ao Can…

Exercícios de História Antiga - Grécia Clássica (Ensino Médio)

“Respeitemos mesmo as leis injustas para que os maus, tomando isso como exemplo, respeitem no futuro as leis justas, sem pretexto para desobedecê-las”. Sócrates
Sabendo que grande parte dos professores buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi colocar alguns exercícios neste Blog. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cada um sabe qual é sua realidade.

Veja também:
Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)Exercícios de História da América Portuguesa e Espanhola (Ensino Médio)Questões DE ENEM e Vestibular 1. (FUVEST-SP) “Usamos a riqueza mais como uma oportunidade para agir que como um motivo de vanglória; entre nós não há vergonha na pobreza, mas a maior vergonha é não fazer o possível para evitá-la... olhamos o homem alheio às atividades públicas não como alguém que cuida apenas de seu…

Plano de Curso de História - 1º Ano do Ensino Médio - 2012

PLANO DE CURSO
O atual plano de Curso serve de exemplo para os professores que desejam um modelo. Este plano, está dividido em 3 unidades, mas pode ser adaptado para 4 unidades. Os motivos desta divisão em três unidades está expresso na Regimento Escolar da Instituição de Ensino a qual pertenço.


Série: primeiro ano do ensino médio Disciplina: História Carga Horária: 80 horas Professor: Zevaldo Luiz Rodrigues de Sousa Ano de competência: 2012
I.Apresentação: Quando entendemos que a História é feita de versões e que um mesmo acontecimento pode ser contado de mil formas diferentes, entendemos que é preciso beber de várias fontes para fazer a diferença em qualquer área. O bom historiador deve agir como um detetive, juntando as mais diversas fontes para compor um fato histórico. Será preciso, portanto, fazer um esforço para que os alunos entendam que eles precisam ter consciência de que a História, matéria básica para o conhecimento humano, não é estática nem feita de verdades absolutas é essencia…

Exercícios de História Medieval: Do Feudalismo à Crise do Século XIV (Ensino Médio)

Sabendo que grande parte dos professores e estudantes buscam pelas soluções dos seus problemas na Internet, resolvi postar neste espaço alguns exercícios retirados de provas de vestibulares. Vale ressaltar que será muito mais importante, o professor modificar os exercícios de acordo com o que foi ensinado na sala de aula. Afinal de contas, cabe ao professor ter o conhecimento da realidade da turma que leciona.
Veja também: Exercícios de História Antiga: Grécia (Ensino Médio)Exercícios de História Antiga: Roma (Ensino Médio)Exercícios de História Moderna: Grandes Navegações (Ensino Médio)
Questões de ENEM e Vestibular
Questão 01. (Fatec-SP) Uma das características a ser reconhecida no feudalismo europeu é:
a) A economia do feudo era dinâmica, estando voltada para o comércio dos feudos vizinhos. b) A sociedade feudal era semelhante ao sistema de castas. c) As relações de produção eram escravocratas. d) Os ideais de honra e fidelidade vieram das instituições dos hunos. e) Os servos estavam preso…